Digitando de esconde-esconde.

Digitando de esconde-esconde.

O assunto é sério e tem impacto significativo nas nossas relações pessoais. Quando acordo, desligo o despertador do celular, olho pra tela do meu iPhone e leio todas as notificações que chegaram na calada da noite.

Prazer, são elas: curtidas de fotos do Instagram, comentários no Facebook, notícias do Flipboard, Exame, Google News, e-mails do gmail e outlook, grupos do WhatsApp.

E você que está lendo, não se esconda! Não estou sozinho neste vício.  
Agora, a pergunta que me motiva a escrever este texto é: 

Será que os aplicativos de chats [WhatsApp, Voxer, Viber, Snapchat, Telegram] não nos esconde atrás das telas dos smartphones? 

A dinâmica destas conversas é tão frenética com nossos amigos que faz com que os temas fiquem ali, no histórico das conversas. 

O meu exemplo mais claro de que isso acontece são às quartas-feiras, a partir das 22h00. 

Apiiiita o árbitro!

Pronto, a bola nem girou 7 vezes nela mesmo e já começam os comentários de um passe errado ou sobre o esquema tático que o técnico propôs para aquela partida. 

Não faz muito tempo, um jogo de futebol era um excelente motivo para reencontrar os amigos, mesmo sendo apenas aqueles que torçam para o seu time. 

Hoje, não mais. Palmeirenses, corinthianos e são-paulinos estão todos ali, juntos, no WhatsApp. Não tem cerveja, não tem salgadinhos. Não tem calor. Não tem nada. Apenas nossos dedos digitando na tela do smartphone. Uma pressa para acompanhar os comentários e escrever em tempo real.

Conveniência? Ficar em casa é mais seguro? Os bares estão mais vazios? 

Será que em 2036 os aniversários serão celebrados por chat? Ou teremos a rica oportunidade de reencontrar nossos amigos e familiares?
Estamos optando [sim, é uma opção] em trocar uma boa conversa pessoal por um network virtual. 

Percebo o claro impacto nas relações de amizade e familiar e, logo mais, teremos como mensurar quais são os verdadeiros impactos no mundo dos negócios.

Mas, não posso deixar de considerar, e concordar, que estes aplicativos são muito eficazes quando podemos, num outro exemplo, esclarecer uma dúvida com nossos médicos referente a uma medicação, sem ter que ir até seu consultório e ficar preso no caótico trânsito da cidade.

O ideal é buscarmos o equilíbrio entre o uso excessivo da tecnologia versus o contato pessoal, às vezes tão importante quanto aquele abraço.  
 

  Voltar para home Ver todos artigos  

Vamos marcar um encontro?

Eu tenho uma metodologia de trabalho. Você tem uma necessidade.

Vamos construir, juntos, um plano de atividades, que atenda a estratégia comercial da sua empresa.

Me escreve e vamos adiante!

Obrigado.

Cartão 18 connaction